8.4.17

Maiores Serial Killers


Além de despertar  curiosidade em muitas pessoas, eles podem ser temidos ou odiados. O fato é que os assassinos em série (ou serial killers) são criminosos que cometem vários crimes com certa frequência. Para um criminoso ser considerado um ‘’assassino em série’’, ele deve ter cometido ao menos 3 crimes em locais diferentes.

Em algum momento de sua vida, com certeza você já ouviu falar em nomes como ‘’Jack Estripador’’, ‘’Charles Manson’’, ‘’Ed Gein’’ ou ‘’Pedrinho Matador’’. Todos têm uma coisa em comum: seus crimes bárbaros. Hoje não há espaço para eles. Falaremos agora sobre alguns dos assassinos em série que mais fizeram vítimas.


·  Henry Lee Lucas

Henry Lee Lucas foi um assassino em série norte-americano que, junto com Ottis Toole, foi acusado pela morte de aproximadamente 600 pessoas entre os anos 70 e 80, o equivalente a 1 morte por semana. Após matar a mãe e ser condenado entre 20 e 40 anos de prisão, Henry foi solto 10 anos depois, em 1970, quando começou a praticar diversos crimes.

Assim como Ottis, Henry Lee tinha gosto pela necrofilia e chegou a praticar canibalismo.  A última vítima de Henry foi sua ex-companheira, na época com 15 anos, que foi encontrada desmembrada dentro de várias fronhas espalhadas por um campo,

Após ter sido capturado, Henry confessou apenas 100 mortes e ainda contribuiu com as investigações, ajudando a solucionar outros 213 assassinatos. Durante o período em que permaneceu preso, o assassino tinha diversas regalias. Ele raramente era algemado, tinha autorização para vagar pela prisão, era levado para comer fora e até dava ordens aos policias, que claro, o obedeciam.
Henry Lee Lucas morreu na prisão em 2001 devido a problemas cardíacos. Seu comparsa foi vitimado por uma cirrose em 1996.

Vítimas: entre 200 e 600

Pena: pena de morte, que posteriormente foi revertida para prisão perpétua

Situação Atual: morto por insuficiência cardíaca



·  Pedro Alonso López

É um serial killer colombiano acusado pelo estupro e morte de mais de 300 pessoas em pelo menos 3 países: Colômbia, Equador e Peru. Conhecido como o ''Monstro dos Andes'', Pedro vitimava meninas entre 9 e 12 anos de idade. Chegando a estuprar e matar aproximadamente 3 vezes por semana, o assassino também declarou que preferia matar meninas equatorianas, pois segundo ele, eram mais dóceis, inocentes e gentis. Ou seja, as presas perfeitas para esse inescrupuloso assassino em série.

Após cumprir 20 anos de prisão no Equador (pena máxima no país), Pedro Alonso ganhou a liberdade no final dos anos 90 e desde então, nunca mais foi visto.

Vítimas: +300

Alcunha: Monstro dos Andes

Pena: 20 anos de prisão

Situação Atual: em liberdade



·  Harold Shipman

Harold Frederick Shipman foi um médico e serial killer acusado pela morte de mais de 200 pacientes entre os anos 70 e 90. O médico escolhia como vítimas os pacientes em estado terminal e os que não apresentavam muitas chances de se defender. Além de emitir os atestados de óbito de suas pacientes-vítimas, Harold Shipman estava acima de qualquer suspeita. Afinal, quem poderia imaginar que um médico competente e pai de família poderia matar seus próprios pacientes?

Vítimas: +/- 250

Alcunha: Doutor Morte

Pena: prisão perpétua

Situação Atual: morto (suicidou-se na prisão)



·  Daniel Barbosa

Daniel Camargo Barbosa foi um serial killer colombiano acusado pelo estupro e morte de pelo menos 150 meninas na Colômbia e Equador entre os anos 70 e 80. Mesmo vivendo em uma união estável com uma mulher que lhe deu 2 filhos, Daniel acabou se apaixonando por outra mulher, chamada Esperanza. Ao descobrir que ela não era mais virgem (essa era uma de suas obsessões), ele decidiu fazer um trato com a mulher. Ele continuaria se relacionando com Esperanza, desde que ela o ajudasse a encontrar meninas virgens com quem ele pudesse ter relações sexuais. Incrivelmente Esperanza concordou e passou então a ser cúmplice de Daniel. Inicialmente ele ‘’apenas’’ estupravas meninas, sem matá-las. Quando sua quinta vítima resolveu denunciá-lo para a polícia, ele e sua parceira foram enfim presos.

Após cumprir 8 anos de prisão, o estuprador foi solto e não demorou para fazer uma nova vítima, dessa vez matando-a para que ela não o entregasse á polícia. Este seria o primeiro de vários assassinatos cometidos por ele.

Daniel foi preso novamente, dessa vez sentenciado a 25 anos de prisão. Alguns anos depois ele conseguiu fugir da cadeia e mudou-se para o Equador, tornando a cometer mais de 50 estupros e assassinatos no período de 2 anos. Em 1986 Daniel foi preso de novo. O assassino confessou 71 mortes, levou as autoridades até os locais onde existiam corpos ainda não descobertos e revelou que eles haviam sido desmembrados e que todas as suas vítimas eram virgens.

O sádico serial killer foi condenado em 1989 a (pasme) 16 anos de prisão no Equador, mas não chegou a cumprir toda a pena. Em 1994 foi morto na prisão pelo primo de uma de suas vítimas


Vítimas: +150

Pena: prisão perpétua

Situação Atual: morto (assassinado na prisão)



·  Luis Garavito

Mais um colombiano em nossa lista. Luis Alfredo Garavito Cubillos foi acusado pelo estupro e morte de 140 pessoas na Colômbia, sendo que esse número pode ser ainda maior. Suas vítimas eram todos meninos com idades entre 8 e 16 anos, pobres, camponeses ou que viviam nas ruas. Após abordá-los oferecendo presentes e levá-los para passear, Luís estuprava e cortava a garganta de suas vítimas, geralmente desmembrando-os em seguida.

Por ter colaborado com as investigações e apontado os locais onde enterrou os restos mortais das crianças que ele matou, o assassino teve sua pena reduzida de 30 anos (pena máxima na Colômbia) para 22. Luís segue preso, mas deve ganhar a liberdade em alguns anos, possivelmente em 2021.

Vítimas: 140

Alcunha: La Bestia (A Besta)

Pena: 22 anos de prisão

Situação Atual: preso



·  H. H. Holmes

Esse médico e serial killer norte-americano foi acusado pela morte de mais de 100 pessoas, embora tenha confessado apenas 27. O médico assassino era dono de um hotel, onde em seu porão realizava as piores atrocidades. Após atrair suas ''presas'', Holmes as anestesiava, abusava sexualmente das vítimas mulheres, matava-as e em seguida dissecava-as para vender os esqueletos e partes dos corpos de suas vítimas para diversas faculdades de Medicina.

Quando em 1893 deu-se início á Feira de Chicago, o médico começou sua matança, tornando-se o primeiro serial killer dos EUA. O que Holmes fazia com as pessoas que sequestrava do evento é algo digno de cinema de horror. No porão de seu hotel, ele torturava suas vítimas utilizando métodos bastante cruéis, como o uso de gases tóxicos em salas totalmente á prova de som, muitas vezes levando-as a morrer por exaustão. Durante os 4 meses da Feira de Chicago de 1893, ‘’estranhamente’’ mais de 200 pessoas desapareceram. O médico foi capturado em 1895 e executado 1 ano depois.


Vítimas: +100

Alcunha: Barba Azul de Chicago

Pena: execução por enforcamento

Situação Atual: morto


·  Serhiy Tkach

Serhiy Fedorovich Tkach é um ex-investigador criminal que matou aproximadamente 100 pessoas. Suas vítimas eram meninas com idades entre 8 e 18 anos. Após sufocá-las, Serhiy abusava sexualmente de seus corpos.
Ele confessou seus crimes e pediu pela pena de morte, que ao final do julgamento, foi negada. O ex-investigador criminal foi sentenciado a prisão perpétua e respondeu pelas mortes de apenas 36 vítimas. Durante os 20 anos em que permaneceu livre para cometer seus crimes, 9 homens foram condenados injustamente. Um deles se suicidou e um outro ganhou a liberdade apenas em 2012, mais de 20 anos após seu julgamento. Será mesmo que a justiça tarda mas não falha?

Vítimas: 100

Modus Operandi: estrangulamento

Pena: prisão perpétua

Situação Atual: preso



·  Javed Iqbal

Javed Iqbal Mughal, também conhecido como Mukri, foi um serial killer acusado pela morte de 100 crianças, todas do sexo masculino e com idades entre 6 e 16 anos. O assassino paquistanês abusava sexualmente e em seguida matava suas vítimas. Após cometer os abusos, Javed as desmembrava e deixava os pedaços de seus corpos em barris de ácido clorídrico, jogando o que ''sobrava'' em um rio.

Apesar de todas as provas mostrarem sua culpa, o assassino jamais se declarou culpado. Javed chegou a ser sentenciado com a pena de morte, mas se suicidou antes.

Vítimas: 100

Modus Operandi: estrangulamento e desmembramento

Pena: sentença de morte

Situação Atual: morto (suicidou-se na prisão)


Conhece algum  nome da lista? Qual foi o mais cruel?

Anterior Proxima Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Volte sempre e até a próxima!
Comentários, seguidores e visitas serão retribuídos com prazer.